09/05/2017

#Bate-Papo: As diferenças entre Otakus e Otacos

 
Atenção! Esta postagem contém a opinião da escritora e dona do blog, Mimi, caso você não concorde com as opiniões alheias peço que, por favor, não leia a postagem. 
Mimi: E olha eu aqui de novo!
Público: Infelizmente....
Mimi: Eu disse que ia fazer algo sobre esse tema, era algo que eu PRECISAVA falar aqui no blog.
Matsu: E hoje eu vou me comportar e irei apenas observar tudo, quieta.
Mimi: ... Isso não é um sonho?
Matsu: É o que?
Mimi: Só posso estar sonhando, não tem outra explicação.
Diretor: Não, você não está sonhando. Segue o roteiro!
Mimi: Oh... Melhor dia!
Todos presentes: ...
Mimi: Cof cof, continuando~  Como eu ia dizendo é um assunto que eu queria e precisava trazer aqui. O motivo é bem simples: As pessoas confundem os otakus com os otacos, e isso é algo muito idiota. Vamos entender um pouco as diferenças entre os dois?

Para quem ainda não sabe "OTAKU" é um termo usado pra fãs de animes e mangás. A palavra vem do Japonês e significa, literalmente, "viciado". Se você é viciado em esportes, religião, carro, horoscopo, novelas ou animes e mangás você é um otaku. Aqui no Brasil esse termo é usado apenas para os fãs das animações japonesas, mas entendam uma coisa: Otaku é uma palavra, um termo, unissex que serve tanto para mulheres quanto para homens. Ou seja, a palavra Otome NÃO é o feminino de otaku.
 [Falei sobre isso em outra outra postagem, podem conferir aqui: Coisa de Otaku]

Como dito, otakus são os fãs de animes e mangás, e essa palavra é apenas um nome dado para essa comunidade da mesma forma que fãs de kpop são chamados de kpoppers, e os fãs de hqs de geeks e por ai vai.

Agora vamos ver as diferenças entre os otakus dos "otacos"?

Otacos são, talvez, fãs das animações japonesas assim como os otakus, porém, estes agem de forma mais "infantil". Eles são o tipo de pessoa que se você disser que não gosta de Naruto ou One Piece vão escrever seu nome do Death Note, ou vão jogar uma Pokebola em você ou mesmo gritar com toda a força "SEU BAKA!!".
Eles não respeitam opiniões contrárias e pra eles só os animes que eles vêem (ou mangás que leem) que prestam, e cá entre nós: a maioria dos otacus NÃO leem os mangás, e podemos notar isso pela forma que eles tentam debater sobre o episodio da semana ou sobre o que vai acontecer.
Deixando claro que VOCÊ NÃO PRECISA LER OS MANGÁS PRA SER UM OTAKU, MESMO SÓ ASSISTINDO ANIMES VOCÊ JÁ PODE SE CONSIDERAR UM (se quiser).
Quis dizer que muitos brigam por achar que estão totalmente certos e não querem ouvir a opinião alheia (isso acontece em muitos lugares, não só nesse meio).
Os otacos pensam que são superiores que qualquer outra pessoa só por que gostam de desenhos japoneses, falam e respiram animes 24 horas por dia, ou por saber ofender os coleguinhas de "baka", "aho", "konoyaro" e coisas do tipo. Os otacos arrumam confusão só porque o colega, na internet, disse "Eu não gosto de animes", eles pensam que por gostarem de animações japonesas são melhores e tem mais cultura. Acham que o Japão é o paraíso.
São aquelas pessoas que se você falar que anime é desenho eles vão querer jogar uma kunai em você.

Quero acrescentar que: No próprio Japão existem este tipo de "otacos" que se acham superiores, a única diferença é que lá eles sabem o que são e que estão errados, mas não ligam.
Pra eles a única coisa que importa são os personagens 2D deles, mas até então eles não interagem muito com os não otakus.
Os otakus gostam de assistir animes e ler mangás, alguns gostam de fazer cosplay. Entre sua roda de amigos que também são otakus (ou não) eles costumam brincar com o tema, conversam e discutem (civilizadamente, e de forma educada) sobre os animes lançados, dão suas opiniões e até mesmo usam palavras japonesas tudo em brincadeira.
Não se vestem igual o Naruto 24horas por dia, não vivem só falando de animes e mangás, não saem chamando qualquer um de baka e nem de senpai. Não são "fedidos" e nem porcos, são pessoas normais que trabalham, estudam, namoram e tem uma vida social. Sim, é possível ter vida social mesmo sendo um otaku. 
Otakus não saem arrumando confusão com qualquer um só por não ter a opinião parecida ou porque o colega não gosta de animes.

Deu pra notar a diferença?
Não quero arrumar briga com ninguém, mas por conta de uns outros estão pagando.

Ser otaco é algo que não é bom, não é divertido e futuramente não vai fazer também. Não seja esse tipo de pessoa, todos podem mudar e melhorar. Nada é impossível.

Muitos Otakus tem vergonha de dizer que é um justamente porque a nossa reputação foi manchada por aqueles que se acham superiores.

Agora para quem acha que eu estou falando besteiras quero deixar claro: Eu, Mimi, já foi uma "otaco". Sim, eu respirava animes 24 horas por dia, saia chamando os outros de baka, ou vivia dizendo "kawaii desu". Se as pessoas falavam na internet que o anime que eu estava assistindo era ruim eu arrumava briga e saia xingando a pessoa.
Porém, assim como muitos, eu acordei pra vida. Isso não é certo, isso é ser infantil (e na época eu tinha 13 anos).
Não é legal ser otaco, é vergonhoso e quanto você pensa que as pessoas estão te achando o "fodão" na verdade elas estão rindo de você, os amigos estão se afastando e futuramente vocês vão se arrepender disso tudo.

Não é tarde pra sair dessa, se você por acaso se encaixa na categoria otaco e tem vergonha disso, então já é um começo sim. Se precisar conversar com alguém podem comentar em anonimo ou mandar um e-mail para a gente (forever.otaku@yahoo.com.br).

E vocês, otakus, não tenham vergonha de dizer quem são. Se seus amigos zombarem por isso, sinto muito informar, mas seus amigos é que precisam mudar e não vocês.
Não é errado ser otaku, não é errado assistir desenhos japoneses. 
Animes são infantis, são para adultos, são para jovens adultos, são até mesmo para a terceira idade. Muitos animes dão lição de vida e ajudam muitas pessoas a superarem vários problemas, então não precisa ter vergonha de bater no peito e dizer "Eu sou otaku!".

Convido vocês, leitores, a comentarem as suas opiniões sobre o assunto. E se eu fui rude, me desculpo sinceramente, não tive a intensão de aborrece-los a minha intensão é dizer que somos diferentes do que imaginam e que essas pessoas (otacos) existem e que podem melhorar sim.

EDIT: Não estou querendo causar intrigas, e sei que tem pessoas que agem como "Otacos" apenas para fazer piada, e brincar, assim como tem pessoas que zoam com os otakus por isso e até certo ponto não tem problema. O problema começa quando uma das partes começam a se sentir mal, ofendido ou qualquer coisa assim.

3 comentários:

  1. O pior é que a imagem pre-definida que tem de nós fans da cultura oriental, é sempre a mesma, os estranhos e etc...
    Ainda sofro bastante pra tentar mostrar que sou quem sou, gostando do que gosto, mas me excluindo de uma falsa imagem ruim que temos que carregar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente, muitas pessoas mancharam essa imagem e é muito difícil conseguir mostrar que não é bem assim.
      As pessoas tem muito preconceito com quem é "diferente".
      Eu mesma não tenho medo de falar que sou uma otaku, mesmo as pessoas me olhando torto. Pelo menos eu mostro que não sou dessa forma que eles pensam, sabe?!

      Excluir
    2. Sei sim, ser otaku não deveria ser vergonha para ninguém, é uma cultura maravilhosa, e me orgulho de segui-la.

      Excluir

Espere! Antes de comentar de uma lida nas regras, Ok?

•Comentários para afiliação não serão aceitos, temos um local especifico para isso;
•Não ofender / ou denigrir a imagem de alguém;
•Não use palavras de baixo calão;
•Podem expressar a opinião de vocês, mas com respeito;
•Se possível deixar o link do blog de vocês para que eu possa comentar lá também.

♥ Sempre respondo os comentários ♥
Lembrando que todos os comentários precisam ser aprovados antes de serem postados.

© Anime Shoujo - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Thays Ramos.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo